‘Segundo Sol’: Luzia é considerada culpada pela morte de Remy

Compartilhe: wapp

BBO94zPLuzia (Giovanna Antonelli) não consegue provar que Remy (Vladimir Brichta) está vivo e é condenada a seis anos de prisão pela falsa morte do traficante nos próximos capítulos da novela “Segundo Sol”. “Hoje vamos confirmar que a ré, senhora Luzia Batista, matou a facadas o senhor Remy Falcão, tendo sido flagrada pelo irmão da vítima, Beto Falcão. Vou inclusive demonstrar que Luzia foi equivocadamente inocentada no segundo julgamento pela morte de seu ex-marido”, inicia o promotor, em cena prevista para o dia 2 de novembro, segundo o site “Notícias da TV”.

Beto tem testemunho desqualificado por promotor

A advogada de defesa convoca Beto (Emílio Dantas) para depor. O cantor de axé relata que teve um encontro com o irmão antes da audiência. “Meu irmão Remy está vivo, isso eu garanto a todos, Luzia não esfaqueou, não matou Remy. Eu vi Remy, falei com ele, nós brigamos quando ele tentou fugir, isso foi decorrente da briga” afirma o músico, exibindo um ferimento no rosto. O promotor, porém, não acredita em Beto e desqualifica o depoimento dele: “Nós temos a arma do crime, temos o corpo, o laudo da necropsia, o registro da cremação. Temos o depoimento, nos autos do processo, do próprio Beto Falcão de que encontrou a ré no quarto da pensão Relax, com a faca na mão, ao lado do corpo esfaqueado da vítima, de Remy, e o relato de Beto de que a ré fugiu sob seus olhos. “O que mais precisamos pra condenar Luzia Batista? Essa mulher é uma assassina, uma ameaça à sociedade, vamos liberar ela pra que ela volte a matar, pra que faça sua terceira vítima?”.

Luzia é condenada a seis anos de prisão pela falsa morte

A juíza sentencia Luzia à prisão pela morte do gigolô: “O Tribunal do Júri reconheceu a ré Luzia Batista culpada. Declaro, por sentença, a pena de reclusão por homicídio doloso fixada em seis anos, devendo ser cumprida no presídio… “. A DJ cai em lágrimas com a sentença: “A senhora vai se arrepender, eu não matei ninguém! Remy tá vivo! Vivo! É muita injustiça”. Enquanto isso, Remy está escondido na casa da mãe de Laureta (Adriana Esteves), Dulce (Renata Sorrah). O galpão da residência ainda será onde Rosa (Letícia Colin) é feita refém pela vilã.

Fonte: Purepeople