Presidente da Codevasf – Por Lauro Correia

Compartilhe: wapp

download120 – PRESIDENTE da CODEVASF

     GOVERNADOR DO PIAUÍ

 

Lauro Correia

Engenheiro Industrial – UFMG

Prefeito Parnaíba – 1963/1966

Presidente FIEPI – 1974/1982 

1ª Parte 

No final do mês de agosto, competente piauiense AVELINO NEIVA assumiu a presidência da CODEVASF – Companhia do Desenvolvimento das Bacias do Rio São Francisco e do Rio Parnaíba. Exatamente deverá cuidar dos dois mais importantes rios do Nordeste.

O Presidente Neiva anunciou duas metas de sua administração:

1ª metaTornar o Rio Parnaíba navegado, navegável ele o é, como ficou comprovado durante Seminário Nacional sobre Navegabilidade do Rio Parnaíba, realizado em 1982, em Parnaíba, na sede da FIEPI, promovido pela Confederação Nacional da Indústria, CNI, com participação de representantes de ministros de Estado, Vice-Governador do Piauí, IPT – Instituto de Pesquisa e Tecnologia de São Paulo, e outros.

Tive a honra de presidir a conclave durante 3 dias, e deixar prontos os Anais do Seminário, bem assim divulgamos o Relatório da PORTOBRAS. Nos Anais do Seminário, entre suas conclusões, constou que o Rio Parnaíba, a partir de Santa Filomena, em direção ao mar, numa extensão de 1350 km, é navegável, e para ser navegado, é indispensável serem concluídas, na parte mecânica, as ECLUSAS de Boa Esperança, em Floriano, e, mais utilização de lanches motorizadas e barcaças de 200 toneladas, adequadas curso ao rio, e mais dragagem e remoção de galhadas em alguns trechos do rio.

Permito-me lembrar ao digno Presidente da CODEVASF que, para futura importante melhoria do calado de nosso Rio Parnaíba é preciso, em futuro distante, o excedente das águas de outro Rio, o volumoso Tocantins, na altura da barragem, sejam desviados uma parte das águas, por gravidade sem uso de bombas, para beneficiar o sudeste do Maranhão e Sudoeste do Piauí, nas áreas produtivas de SOJA, intermédio afluente do Rio das Balsas, continuando pelo mesmo Rio, até o encontro das águas do Rio Parnaíba.

A Fundação Rio Parnaíba, com sede em Teresina, sob o comando do Prof. Rodrigues, organizou Seminários em Teresina, e um Seminário em Parnaíba. Compareci em nossa Capital e em nossa cidade, e neles apresentei anteprojeto sob o título Ligação do Rio Tocantins ao Rio Parnaíba, ou Transposição de Águas do Rio Tocantins ao Rio Parnaíba, aprovado nos Seminários.

Quanto à transposição das águas do Rio São Francisco para o Nordeste, é preciso lembrar que, conhecido Deputado Federal, que já exerceu o cargo de Governador do Ceará, conseguiu, nos altos escalões de nossa República, eliminar, na 1ª etapa, um dos canais que traria água para um dos afluentes do Rio Parnaíba, beneficiando o sul do Piauí, e proporcionando a garantia da produção de soja na área dos CERRADOS!

Espero que, ao final de seu mandato de Presidente da CODEVASF, seja o Dr. Avelino Neiva o Presidente da CODEBAPA – Companhia de Desenvolvimento da Bacia do Rio Parnaíba.

2ª Parte

Nessa parte deste meu artigo, volto a escrever sobre o Porto de Luiz Correia, pois o Senhor GOVERNADOR DO ESTADO DO PIAUÍ WELLINGTON DIAS em recente reunião em Teresina, no dia 11 de setembro corrente, declarou que, com base no estudo técnico concluído pela Fundação Getúlio Vargas (FGV),  o  Piauí  optou  por  transformar o  Porto  Marítimo do Piauí em um Terminal Pesqueiro !!!

Recortes de jornais de Teresina, dos anos de 2007 e 2008, reunidos quatro em uma folha, comprovam que não foram cumpridas as promessas do Governador Wellington Dias, da Presidente Dilma Roussef, pois o período de 10 anos, de 2007 a 2017, teria sido suficiente!

O Piauí inteiro sabe que os 4 Portos Marítimos da Rota das Emoções: destinam-se a:

Porto de Tutóia-Ma – Terminal Pesqueiro

Porto de Luiz Correia-Pi – Porto Marítimo da ZPE e da SOJA

Porto de Timonha – Pi – Porto de exportação de 20% dos Minérios do Piauí

40% _____________ Porto de Pecém-CE.

40% _____________Porto Suape-PE.

Porto Timonha, lado leste – ESTALEIRO

Porto Camocim – Terminal Turístico.

O Senhor Wellington Dias, como Governador do Estado, e a Senhora Dilma Rousseff, como Presidente do Brasil, em suas visitas à Parnaíba e ao nosso litoral, sempre disseram em seus pronunciamentos que o Porto de Luiz Correia seria concluído e inaugurado em sua administração, como Porto de Exportação da ZPE e da Soja do Piauí e sudeste do Maranhão.

A Fundação Getúlio Vargas, citada pelo Governador do Estado e respeitada por todos nós, não tem as credenciais administrativa e técnicas para interferir na utilização do nosso Porto Marítimo.

A ZPE, que seu Governo considera em fase final da construção, por onde exportará? Somente via aérea?

Parnaíba,17.Setembro.2017

173º da Cidade e 255ºda Vila

Lauro A. Correia

Prefeito Parnaíba – 1963/1966

LAC/SNC

jornal