Botafogo deve anunciar Valentim como novo técnico

Compartilhe: wapp

valentinAo que tudo indica, o Botafogo achou em Alberto Valentim o seu novo técnico para 2018. A diretoria entrou em consenso pelo nome ao longo da última segunda-feira e fez contato com o ex-auxiliar e treinador, que terminou o Campeonato Brasileiro do ano passado como vice-campeão pelo Palmeiras. Aos 42 anos, o comandante foi indicação de Cuca, que tem forte ligação com o Botafogo e era o preferido da torcida, mas está fora da realidade financeira do clube.

O Botafogo vê em Valentim um perfil ideal para buscar o encaixe do time que Felipe Conceição não encontrou. E o treinador, livre no mercado desde que deixou o Palmeiras em dezembro, ficou animado em engatar um trabalho de longo prazo no Alvinegro. Faltam pequenos acertos financeiros, mas a diretoria está otimista em um desfecho rápido para anunciar oficialmente ainda nesta terça-feira. Há pressa para que ele aproveite o período sem jogos para conhecer o elenco.

 – Qualquer treinador gostaria de trabalhar em um clube como o Botafogo, principalmente para um cara que está começando a carreira, como eu. Trabalhei com o Cuca, que sempre falou muito bem do Botafogo. Seria uma honra – disse Valentim ao GloboEsporte.com na segunda-feira, antes de abrir negociação.

Valentim começou como assistente técnico no Atlético Paranaense em 2012, e dois anos depois foi para o Palmeiras, onde foi auxiliar e eventualmente interino quando saíram os treinadores Ricardo Gareca, Oswaldo de Oliveira e o próprio Marcelo Oliveira. Trabalhou com Cuca na campanha do título brasileiro de 2016 e assumiu a equipe nas últimas 11 rodadas da competição do ano passado, obtendo seis vitórias, um empate e quatro derrotas, terminando como vice-campeão.

Mesmo após contratar Roger Machado para 2018, o Palmeiras queria a permanência de Valentim, que era funcionário do clube, com contrato sem tempo determinado. O clube ofereceu uma valorização salarial, mas ele nunca escondeu que seu interesse é seguir a carreira como treinador e entrou em acordo para sair. O Botafogo pode ser a nova oportunidade.

Enquanto o novo comandante não chega, Bruno Lazaroni é quem dá os treinos para os jogadores desde esta segunda-feira, no Nilton Santos. Filho do técnico Sebastião Lazaroni, ele era gerente das categorias de base do Botafogo no ano passado e desde o início da temporada vinha ocupando o cargo de auxiliar permanente da comissão técnica.

Fonte: Globoesporte.com